domingo, 21 de abril de 2013

quero ser alguém na vida...

Gostava de ser determinada. De saber bem os meus objectivos mas principalmente gostava de os ter. Eu quero ser alguém na vida, ter um bom emprego e até me esforço para isso. Só não sei o meu objectivo, não sou tão linear como algumas pessoas acham que sou. Sinto-me perdida sem saber que rumo hei-de dar ao meu futuro. Não há nenhuma profissão que eu sinta que goste, e isso deixa-me triste.

17 comentários:

Bernardo disse...

percebo-te

Lani disse...

Oh, vais acabar por encontrar o teu caminho :) *

unknown. disse...

como eu te compreendo! :|

Rita disse...

Como eu te compreendo... Eu até tenho objetivos, só não sei se consigo chegar a eles!

Alexandra e Elisabete disse...

Oh querida! Vais ver que há-dês arranjar alguma coisas que gostes realmente de fazer! :)
Beijos, Elisabete.

Amante Japonesa disse...

um dia vais saber o que queres (:

Quinn disse...

Sinto-me assim também. Mas a minha situação só é ligeiramente mais preocupante porque já estou no 12º, a meses de ir para a universidade.

A disse...

Vais ver que ainda a vais descobrir :)

Olívia M. disse...

Sei bem o que dizes neste post.

Sofia Duarte disse...

Ohh, obrigada! :')

Eu estou mal ainda por causa daquilo... Não me sai da cabeça...

Sofia Duarte disse...

Obrigada querida :)

Starlight disse...

Força, entendo perfeitamente aquilo que estás a sentir :|

Pepa disse...

Se quiseres continuar a seguir-me, este é o meu novo blogue! Aproveita e participa no passatempo:http://sailingpepa.blogspot.pt/2013/04/1-sorteio-do-sailing-pepa.html

Nat ♥ disse...

Eu sou assim, bastante determinada, e sei sempre o que quero!
Tu também irás ser assim (:

Quel* disse...

Ora bem vinda ao clube. E o pior é faltar um ano para acabar o curso, e não ter vontade de o acabar. Às vezes sinto-me perdida.

Neuza Mariano disse...

Gostei do teu blog

Boa semana minha querida
Muitos beijinhos
MUAH* <3
Neuza Mariano
Youtube

- Dii - disse...

Oh nem me cheira que quando escolheres um caminho tenhas a certeza da decisão que tomas-te nunca temos. escolhe uma area que te atraia e deixa-te ir... porque aquilo que vais fazer depois não costuma ter a ver com os cursos que tiramos.