terça-feira, 18 de setembro de 2012

fictício...

Por volta das 5:00 da manhã ele enviou-me uma mensagem:
J - Estou no jardim ao pé da tua casa. Despacha-te. Beijo <3
Já estava vestida. Deixei umas almofadas a tentar moldar a minha pessoa nos lençóis e saltei a janela. Fui ter com ele ao sítio combinado. Metemos-nos no carro e fomos para a quinta do avô dele. Ele estacionou o carro, pediu-me para esperar e veio ter comigo aos bancos de trás. Agarrou-me com força e começou a beijar-me. Eu não resisti e continuei. Ele começou por tirar a camisola e em seguida eu tirei-lha a ele. Olhámos um para o outro e entre beijos e afins acabámos por ter uma noite de sexo. Já há muito tempo que uma noite não me transmitia tanta magia. Foi mágico mesmo. De manhã acordamos os dois no chão. Eu embrulhada na manta que ele trás sempre no carro e ele ao meu lado. Eu acordei primeiro do que ele e fiquei a admira-lo: reparei que tinha a barba por fazer. Irónico depois de um momento assim, não?

6 comentários:

lu de lúcia disse...

o mais irónico é que já era de manhã, já devia estar em casa antes que os pais dessem conta das almofadas e dos lençóis.
um pouco do que aqui escreveste, lembrou-me algo da minha adolescência!

Luísa Abreu disse...

Adorei o teu blog, espero que continues a escrever! **

Luana* disse...

Gostei imenso. Neste pequeno texto mostras-te que tens uma boa imaginação e que escreves muito bem :) Gostava que publicasses aqui mais textos desses!

Lau Figueiredo disse...

Gostei imenso do texto! Continua :)

Lau Figueiredo disse...

Esqueci-me de dizer que estou a seguir :)

Manganet disse...

Que bonito :p